Sopra as folhas que caem, ao redor do meu ser e faz tua brisa levar, tudo aquilo que não é seu…

Sopra as folhas que caem, ao redor do meu ser e faz tua brisa levar, tudo aquilo que não é seu…


Nem desistir, nem tentar e agora tanto faz..




Chora! Põe pra fora tudo o que não quer ir embora. Pega essas lembranças e apaga, vira criança que só sabe brincar e rodar, carrega pouca memória. Passarinho sem gaiola que só sabe voar, sem nada a lamentar. Sem pressa de chegar, sem se explicar. É seu direito viver um dia de cada vez , nem talvez, nem confirmar. Sem cálculos, nada a perguntar.
Viver em paz o novo dia que nasceu, acaso é você quem faz a terra girar? Então calma nessa alma, deixe-se amar. Porque sabe o mar? Ele sabe se acalmar!


Aprendi que amores eternos podem acabar em uma noite, que grandes amigos podem se tornar grandes inimigos, que o amor sozinho não tem a força que imaginei. Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno, que a gente nunca conhece uma pessoa de verdade, afinal, gastamos uma vida inteira para conhecer a nós mesmos. Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que os muitos que te empurram. Que o “nunca mais” nunca se cumpre, que o “para sempre” sempre acaba, que minha família com suas mil diferenças, está sempre aqui quando eu preciso. Que ainda não inventaram nada melhor do que colo de mãe desde que o mundo é mundo, que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo. Que vou cair e levantar milhões de vezes, e ainda não vou ter aprendido tudo.
William Shakespeare




 

 


Tem coisa que parte, quebra, esmigalha, esfarela e dá errado. Mais tem muita coisa que dá certo, da gosto, da prazer, da alegria, da sabor. Tem que tentar e ver no que dá. E se der errado tem que tentar de novo, de novo e de novo..


Um dia me disseram que as nuvens não eram de algodão, um dia me disseram que os ventos às vezes erram a direção. E tudo ficou tão claro, um intervalo na escuridão, uma estrela de brilho raro, um disparo para um coração. A vida imita o vídeo, garotos inventam um novo inglês. Vivendo num país sedento, um momento de embriaguez. Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter… Um dia me disseram quem eram os donos da situação, sem querer eles me deram as chaves que abrem esta prisão. E tudo ficou tão claro, o que era raro ficou comum, como um dia depois do outro, como um dia, um dia comum. (…) Quem ocupa o trono tem culpa, quem oculta o crime também. Quem duvida da vida tem culpa, quem evita a dúvida também tem… Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter.
Engenheiros do Hawaii


"Eu te amo pelas tuas faltas, pelo teu corpo marcado, pelas tuas cicatrizes, pelas tuas loucuras todas. Eu amo as tuas mãos, mesmo que por causa delas eu não saiba o que fazer das minhas. Amo o teu jogo e as tuas roupas sujas é na nossa casa que eu quero lavar. Eu amo a tua alegria mesmo fora de si, te amo pela tua essência e te amo até pelo que você podia ter sido, se a maré das circunstâncias não tivesse te rebanhado nas águas do equívoco, te amaria outra vez. Te amo nas horas tristes e na vida sem tempo. Te amo pelas crianças e futuras rugas. Te amo pelas tuas ilusões perdidas e pelo teus sonhos mais bobos. Amo teu sistema de vida e morte, te amo pelas tuas entradas, saídas e bandeiras e te amo desde os teus pés até o que te escapa. Te amo de alma para alma e mais que as palavras, ainda que seja através delas que eu me defendo quando digo que te amo mais que o silêncio dos momentos difíceis, quando o próprio amor vacila.”

"Eu te amo pelas tuas faltas, pelo teu corpo marcado, pelas tuas cicatrizes, pelas tuas loucuras todas. Eu amo as tuas mãos, mesmo que por causa delas eu não saiba o que fazer das minhas. Amo o teu jogo e as tuas roupas sujas é na nossa casa que eu quero lavar. Eu amo a tua alegria mesmo fora de si, te amo pela tua essência e te amo até pelo que você podia ter sido, se a maré das circunstâncias não tivesse te rebanhado nas águas do equívoco, te amaria outra vez. Te amo nas horas tristes e na vida sem tempo. Te amo pelas crianças e futuras rugas. Te amo pelas tuas ilusões perdidas e pelo teus sonhos mais bobos. Amo teu sistema de vida e morte, te amo pelas tuas entradas, saídas e bandeiras e te amo desde os teus pés até o que te escapa. Te amo de alma para alma e mais que as palavras, ainda que seja através delas que eu me defendo quando digo que te amo mais que o silêncio dos momentos difíceis, quando o próprio amor vacila.


Então ele sorriu, droga! Não era qualquer sorriso, era aquele sorriso. O que me desarma. E me ganha. Sempre.


Pra falar a verdade, às vezes minto tentando ser metade do inteiro que eu sinto. Pra dizer às vezes, que às vezes não digo. Sou capaz de fazer da minha briga meu abrigo. Tanto faz não satisfaz o que preciso, além do mais, quem busca nunca é indeciso. Eu busquei quem sou, você pra mim mostrou que eu não sou sozinho nesse mundo. Cuida de mim enquanto não esqueço de você. Cuida de mim enquanto finjo que sou quem eu queria ser. Cuida de mim enquanto finjo, enquanto fujo. Basta as penas que eu mesmo sinto de mim, junto todas, crio asas, viro querubim. Sou da cor do tom, sabor e som que quiser ouvir. Sou calor, clarão e escuridão que te faz dormir. Quero mais, quero a paz que me prometeu.
O Teatro Mágico




Você significa tanto para mim que às vezes não sei como lidar com isso. Quero te cuidar e te prender em meus braços como se o mundo ainda não estivesse preparado para merecer alguém como você.
Luara Quaresma


“Eu só quero isso. Alguém que chegue, me faça rir, permaneça. Que dispute comigo no final do dia, quem ama mais. Eu só quero isso, um pouquinho de amor, de carinho. Quero alguém que fique, por mais difícil que esteja. Um sol, pra me fazer de Terra, e girar em torno. Para me iluminar, por mais que a escuridão aparente não ir embora. Alguém, para rir das piadas mais sem graça do mundo. Quero alguém, que exista apenas em mim. Ser o mundo de alguém. Quero alguém que, no final de um diálogo, diga tchau, pelo menos umas 5 vezes, e depois de tudo, apenas, esqueça de ir embora.”

Eu só quero isso. Alguém que chegue, me faça rir, permaneça. Que dispute comigo no final do dia, quem ama mais. Eu só quero isso, um pouquinho de amor, de carinho. Quero alguém que fique, por mais difícil que esteja. Um sol, pra me fazer de Terra, e girar em torno. Para me iluminar, por mais que a escuridão aparente não ir embora. Alguém, para rir das piadas mais sem graça do mundo. Quero alguém, que exista apenas em mim. Ser o mundo de alguém. Quero alguém que, no final de um diálogo, diga tchau, pelo menos umas 5 vezes, e depois de tudo, apenas, esqueça de ir embora.

© THEME BY CDS